História - Associação Nacional de Substrato para Plantas – ANSub

Ir para o conteúdo

Menu principal:

História

Institucional

Na década de 1980, pesquisadores do Setor de Horticultura da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul sentiram a necessidade de conhecer mais sobre o cultivo vegetal em recipientes, além das práticas culturais envolvidas.  A proibição nacional do uso de xaxim (Dicksonia spp) para produção de "vasos" e "substrato" contribuiu para a busca de fontes alternativas, surgindo publicações sobre diversos materiais e suas misturas, basicamente no sistema ensaio-e-erro. A pesquisa internacional mostrava que não eram os materiais, porém suas propriedades que definiam a qualidade de cada material. Assim foi dado início à seleção e desenvolvimento de métodos para análises específicas de substrato.

Na época, oficialmente, o tema "substrato" era desconhecido pelos órgãos normativos de controle, apesar de já ser empregado na propagação de plantas de interesse econômico em plugs e tubetes, principalmente na produção de mudas de fumo e de florestais na região sul, bem como olerícolas e outras na região sudeste.
A partir da década de 1990, outro evento importante acelerou a busca por materiais e produtos para uso em cultivos em recipientes: o Brometo de Metila, gás de alta toxicidade que era amplamente utilizado para esterilização de solo em canteiros, bem como materiais para uso em recipientes, teve proibidos sua comercialização e posterior consumo, deixando de ser usado a partir da primeira década de 2000.

Reunindo profissionais e produtores, principalmente das regiões Sul e Sudeste do Brasil, e, em presença de representantes do MAPA e INMETRO, em julho de 1999 foi realizado o primeiro Encontro Nacional sobre Substrato para Plantas - ENSub, dando início à aproximação entre acadêmicos, produtores comerciais, usuários e órgãos oficiais do Governo. O Encontro contou com cerca de 400 participantes, incluindo a presença de profissionais da Argentina e Uruguai.

Desde a terceira edição, em 2002, o ENSub tem ocorrido a cada dois anos, em diferentes Estados do Brasil.  Sentindo-se a necessidade de uma identidade fiscal, no dia 03 de fevereiro de 2021, foi criada a Associação Nacional de Substrato para Plantas.

 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal